Vale a pena comprar um imóvel em 2022?

20 Junho 2022
Por Redação imobles

Casal se abraçando na frente de casa com caixas

Seja para morar ou criar uma renda alternativa, decidir entre comprar ou não um imóvel é sempre difícil. Afinal, antes de fazer um investimento desse porte alguns pontos devem ser discutidos e analisados, a fim de saber se, no seu caso, vale a pena comprar um imóvel.

Para saber se ainda compensa comprar um imóvel em 2022 ou não, reunimos algumas considerações para ajudar você nessa escolha. Então, nos parágrafos seguintes, você confere um panorama geral sobre o tópico.

Se, depois de conferir nosso artigo, você ainda tiver dúvidas sobre o assunto, não hesite em entrar em contato conosco, será um prazer ajudá-lo!

Vale a pena comprar um imóvel?

De modo geral, sim! Embora seja necessário analisar sua realidade financeira, seus objetivos de vida e o mercado imobiliário antes de "bater o martelo" e decidir sobre a compra.

Fatores internos como o objetivo da transação (morar ou investir), o estado, a localização do imóvel e as condições de pagamento devem ser analisados.

Além disso, fatores externos como a taxa Selic, o ciclo de valorização imobiliária e o custo efetivo total do crédito (em casos de financiamento) também têm de ser considerados no momento da decisão.

Isso porque se você deseja investir em um imóvel para alugar, a propriedade deve estar situada em um local estratégico, por exemplo, no centro da cidade, próximo às universidades ou às principais vias do município. Ou seja, localizado onde existe demanda maior por aluguel.

Agora, se você quer um imóvel para morar, vai ser preciso levar em consideração seus objetivos de vida, como por exemplo se você tem ou deseja ter filhos, se pretende sair do país, dentre outras coisas.

Outro ponto que deve ser avaliado é que, ao contrário do mercado financeiro, o mercado imobiliário costuma ser mais estável, consistente e duradouro. Ou seja, um investimento mais seguro que valoriza com o passar dos anos - um retorno mais seguro a longo prazo.

Em resumo, dificilmente você vai perder dinheiro comprando um imóvel, afinal de contas, além da valorização imobiliária que vem com o passar dos anos, a propriedade pode ser alugada, gerando uma renda extra para o proprietário.

Porém, para que o investimento seja mais lucrativo, você deve buscar por um negócio mais atrativo, ou seja, condições de pagamentos com taxas e juros mais flexíveis.

Taxa Selic alta: vale a pena comprar um imóvel?

Após um grande período de estagnação na mínima histórica de 2%, entre setembro de 2020 e março de 2021, a taxa Selic vem se recuperando. Desde a última reunião do COPOM, em maio de 2022, a Taxa Básica de Juros da Economia Brasileira (SELIC) está em 12,75% ao ano.

A SELIC serve como base de cálculo para diversas operações de crédito, como os juros aplicados ao financiamento imobiliário. Assim, se a taxa sobe ou desce, consequentemente, os juros aplicados são reajustados.

Nesse cenário de alta, financiar um imóvel pode ficar ainda mais difícil, afinal, as parcelas do financiamento imobiliário também ficam mais altas, ao mesmo tempo que não podem ultrapassar 30% da sua receita mensal.

Mesmo assim, existem outros fatores que alteram diretamente as taxas desse tipo de financiamento e que podem equilibrar essa balança. O percentual de inadimplência do país, a alta demanda pelo crédito imobiliário e a competitividade entre os bancos fornecedores de crédito tem efeito favorável aos consumidores, uma vez que fazem melhorar as condições de aprovação de um financiamento.

Vale a pena comprar um imóvel para alugar?

Se o imóvel estiver localizado em uma região da cidade com constante demanda de aluguel, sim. Afinal de contas, nada de fazer um investimento desse porte sem uma previsão de retorno previamente avaliada, certo?

Em contrapartida, vale lembrar que um imóvel pode dar retorno de duas formas: de forma natural por meio da sua valorização imobiliária ao longo dos anos, ou ainda através da rentabilidade por aluguel, que pode ou não ocorrer de acordo com a sua escolha.

Por isso, mesmo em períodos de vacância, o seu patrimônio vai valorizar. Inclusive, os dois tipos de retorno financeiro podem acontecer simultaneamente, em ritmos diferentes.

O que vale mais a pena: comprar ou alugar?

Isso vai depender do seu momento de vida. Afinal de contas, a resposta para essa pergunta é bastante particular e vai variar com o seu estilo de vida, estabilidade financeira e planos futuros.

Já que tanto comprar quanto alugar tem seus benefícios, o que acontece é que as vantagens de alugar são momentâneas, enquanto as vantagens de comprar um imóvel são potencializadas no longo prazo, mesmo que isso demande maior organização e responsabilidade.

Os dois casos exigem comprometimento financeiro, seja por meio de um contrato de compra e venda ou um financiamento imobiliário. Embora neste último caso seja necessário uma estabilidade financeira maior.

Agora que você conferiu se vale a pena comprar um imóvel, conta pra gente qual é seu veredito: compra ou aluga?

Independentemente da sua resposta, lembre-se que se você precisar da ajuda de um profissional para tirar outras dúvidas ou para solicitar seu financiamento imobiliário. Conte com a gente!

Deixe seu comentário ou dúvida

Artigos relacionados

Encontre o apartamento ideal hoje mesmo. Ajudamos você!

Chame um consultor agora ou agende uma ligação.