Quais são os tipos de apartamentos para morar?

09 Maio 2022 | Atualizado em 20 Maio 2022
Por Redação imobles

Prédios visto de baixo para cima

Se você está pensando em comprar um imóvel, chegou o momento de conhecer quais são os tipos de apartamentos existentes. Afinal de contas, existem cerca de dez tipos diferentes de imóveis desta modalidade.

Em outras palavras, para além dos apartamentos padrões, dos quais estamos habituados, há uma diversidade grande de imóveis, cada um com seu estilo e, consequentemente, direcionados a perfis distintos.

Isso quer dizer que para cada perfil de comprador existe um tipo de apartamento mais indicado. Desse modo, tanto famílias pequenas ou grandes, pessoas que desejam morar sozinhas, com pets, quanto compradores com poder de compra alto ou baixo, podem encontrar o imóvel ideal.

Com esse conteúdo vai ficar fácil escolher o imóvel mais apropriado para você e sua família! A seguir, você confere quais são os tipos de apartamento para morar e qual a diferença entre cada um deles.

1 - Padrão (ou apartamento tipo)

Apartamento padrão
Residencial Lago Areião - Setor Pedro Ludovico, Goiânia - GO

O primeiro da nossa lista é o apartamento padrão, ou seja, o tipo de apartamento mais comum, o que estamos acostumados. Esse imóvel possui divisórias tradicionais, separando quartos, banheiros, sala de estar e cozinha.

O também chamado de apartamento tipo pode ter subdivisões, diferenciando-as pela quantidade de dormitórios, banheiros, suítes e vagas de garagem, por exemplo.

Por conta dessa característica, essa opção de apartamento é bastante adaptável ao perfil de cada comprador, afinal de contas, você pode escolher um imóvel de acordo com a sua necessidade, uma planta com mais dormitórios, caso tenha filhos, por exemplo.

2 - Cobertura

Apartamento em cobertura

O apartamento de cobertura está situado no último andar do prédio e, de modo geral, o seu tamanho é superior aos outros apartamentos do edifício.

A estrutura muda de acordo com o prédio, a cobertura pode seguir um modelo padrão ou ter a estrutura de um duplex, triplex, etc. O imóvel é indicado para famílias que querem um lugar mais espaçoso, reservado e com vista.

Por conta da sua metragem mais elevada e potencial de valorização imobiliária, esse tipo de apartamento costuma ser comercializado também por um valor mais elevado.

3 - Duplex

Apartamento duplex

O duplex é um apartamento de dois andares que compõem um único imóvel. O acesso ao segundo andar é realizado através de escadas ou elevador interno.

A configuração de um duplex é mais ou menos a seguinte: no andar de baixo ficam os ambientes compartilhados, como cozinha, sala de jantar, sala de estar e área de serviço, enquanto no andar de cima se encontram os cômodos privativos, como quartos e banheiros.

4 - Triplex

Apartamento tipo triplex

O triplex é, basicamente, um apartamento de três andares, assim como o nome já traduz. A diferença do triplex e do duplex está principalmente na área total do apartamento, uma vez que o primeiro possui mais um andar.

O triplex é um apartamento amplo que geralmente está localizado nos últimos andares do prédio. Tanto o duplex quanto o triplex são considerados imóveis de luxo.

5 - Garden

Apartamento garden
Urban Garden Residence - Setor Bueno, Goiânia - GO

O apartamento garden geralmente está localizado no térreo do prédio, afinal de contas, o seu diferencial está justamente na área externa oferecida aos seus moradores. Ou seja, este tipo de imóvel preserva os  benefícios de morar em uma casa, mesmo estando dentro de um edifício.

Garden é uma palavra de origem inglesa que significa “jardim”, logo, o apartamento dessa categoria oferece uma área externa com grama, flores, deck, playground e piscina. Os diferenciais se distinguem de empreendimento para empreendimento. Pelo seu tamanho avantajado, este é um imóvel ideal para famílias com filhos pequenos e animais de estimação.

6 - Loft

Apartamento loft

O apartamento loft surgiu em Nova York, em 1960, quando várias indústrias desativadas foram transformadas em espaços de moradia.

Por conta disso, as principais características do imóvel são: espaço amplo, sem divisórias, pé direito alto, janelas grandes e uma metragem superior a 50 metros quadrados.

O loft é um imóvel para quem quer morar sozinho, famílias pequenas, estudantes, empresários e pessoas com um estilo de vida despojado e prático.

7 - Studio

Apartamento studio

O apartamento studio é um imóvel compacto, também com ambientes integrados, com exceção do banheiro. O imóvel tem em média 30 metros quadrados, sendo localizado, de modo geral, em grandes centros, próximo às principais vias de acesso, estações de metrô e ciclovias da cidade.

Esse tipo de apartamento é indicado para aqueles que desejam morar sozinhos, estudantes ou pessoas que passam boa parte do dia fora de casa.

8 - Flat

Apartamento Flat

O flat é um apartamento que se assemelha a um quarto de hotel, pois, geralmente, junto ao valor do condomínio, o morador paga uma taxa para serviços, como limpeza, refeições e lavanderia.

Ele também é um cômodo mais compacto e sem divisórias, de modo geral. Assim, por conta de suas características, o flat é um imóvel para pessoas mais ocupadas, que trabalham fora e que não têm tempo para tarefas domésticas ou preparar refeições, por exemplo.

9 - Kitnet

A kitnet é uma apartamento de metragem pequena, assim como os últimos três apartamentos citados. A diferença da kitnet para os outros é que esse imóvel possui divisórias entre os principais cômodos e, de modo geral, pode ser comprado ou alugado por um preço mais em conta.

10 - Townhouse

Apartamento townhouse

Townhouse ou casa geminada é um imóvel de 2, 3 ou 4 andares, onde cada um dos andares é considerado uma unidade habitacional diferente, ou seja, até quatro famílias podem viver em um complexo como esse.

A configuração de cada unidade é semelhante à divisão feita em um apartamento padrão. As principais diferenças estão, portanto, no fato da townhouse ser uma casa de vários andares, embora seja habitada como um pequeno prédio.

Como escolher o apartamento ideal?

Agora que você conheceu os principais tipos de apartamentos existentes, chegou a hora de analisar qual desses imóveis é o mais indicado para você e sua família. Para isso, vai ser necessário considerar o seu momento atual, os seus objetivos de vida e as suas condições financeiras.

Afinal de contas, o imóvel ideal para um estudante solteiro que deseja morar sozinho por muitos anos vai ser diferente do apartamento mais indicado para uma família de quatro pessoas viverem.

De certa forma, um apartamento de metragem menor pode acomodar tranquilamente uma pessoa ou, até mesmo um casal, enquanto um apartamento mais espaçoso, como um duplex ou um garden, pode ser mais confortável e interessante para uma família com crianças e animais de estimação, por exemplo.

Na escolha de um tipo de apartamento, todos os detalhes da sua vida pessoal e também profissional devem ser levados em consideração. Apenas desse modo a compra de um imóvel pode corresponder às suas expectativas e também estilo de vida.

Deixe seu comentário ou dúvida

Artigos relacionados

Encontre o apartamento ideal hoje mesmo. Ajudamos você!

Chame um consultor agora ou agende uma ligação.