Quanto guardar por mês para comprar um apartamento?

25 Maio 2022
Por Redação imobles

Quanto guardar por mês para comprar um apartamento?

Poupar não é fácil, mas pode ser muito mais divertido quando você tem um objetivo fixo em mente, como fazer uma viagem internacional, trocar de carro ou comprar um apartamento. Dessa forma, fica mais difícil desistir e gastar como se não houvesse amanhã.

Porém, além do mindset, vai ser preciso conhecer um pouco de matemática financeira para organizar suas finanças e, assim, comprar o seu imóvel. Para facilitar essa operação, neste artigo, a gente vai mostrar quanto guardar por mês para comprar um apartamento.

Além disso, nos parágrafos seguintes, você acessa algumas dicas e insights para ajudar você com todo o processo de compra de um imóvel. Por isso, pegue um cafezinho, aconchegue-se no seu cantinho preferido e aprenda sobre o assunto aqui com a gente!

Quanto guardar por mês para comprar um apartamento?

Uma quantia realista fica em torno de 20% da sua receita mensal. Porém, vale lembrar que o valor a ser guardado vai depender de como e de quando você deseja comprar o apartamento, além da receita mensal da sua família e do padrão do imóvel que você quer adquirir.

Por isso, é bastante possível que você tenha que reduzir gastos, cortar supérfluos e até mesmo fazer renda extra. Afinal de contas, durante esse processo de poupar e guardar dinheiro, você vai ter que fazer alguns sacrifícios para atingir seu objetivo e comprar seu apartamento.

Com isso em mente, vamos apresentar um método financeiro para você organizar seu bolso e comprar sua casa própria sem ficar endividado no processo: o método 50-30-20.

Para isso, vamos dividir o seu salário em três partes: 50% vai para gastos essenciais, 30% para gastos supérfluos e 20% para seus objetivos financeiros, investimentos ou dívidas - como na imagem abaixo:

Método-50-30-20

Assim, supondo que a receita mensal da sua família seja de R$ 6.000:

  • (50%) R$ 3.000 vai ser utilizado para pagar aluguel, luz, água, alimentação e outros gastos essenciais.
  • (30%) R$ 1.800,00 para fazer compras esporádicas, comer fora, ir ao cinema, pagar seu streaming e outros gastos flexíveis.
  • (20%) R$ 1.200,00 para comprar seu apartamento.

No entanto, como comprar um imóvel é um objetivo financeiro alto, você pode enxugar um pouquinho mais as despesas flexíveis e aumentar a porcentagem destinada ao seu apartamento sempre que possível.

Assim, em um ou dois anos, você vai ter guardado uma quantia significativa para dar uma boa entrada em seu apartamento. Agora, o restante do valor do imóvel, você pode parcelar ou financiar.

Como poupar para comprar um apartamento?

1 - Organize suas finanças

A organização financeira precede a compra de um imóvel!

Ou seja, antes de tudo vai ser preciso colocar em dia suas finanças pessoais: eliminar dívidas, rastrear e categorizar gastos, diminuir despesas flexíveis, ter na ponta da língua a receita mensal da família.

Assim que isso for feito, provavelmente vai ser possível guardar 20% - 30% da sua receita mensal, ao menos, para comprar seu apartamento.

Depois de organizar suas finanças pessoais, vai ser preciso manter o seu financeiro organizado. Para isso, use ferramentas de controle financeiro, anotando todas as entradas e saídas da sua conta corrente.

Desse modo, fica mais fácil saber para onde seu dinheiro está indo e, assim, cortar gastos e evitar despesas supérfluas que vão atrapalhar a sua meta no final do mês.

2 - Priorize seu objetivo financeiro

Coloque a compra do seu apartamento como prioridade material máxima, assim, vai ser mais fácil dizer não para as “tentações” financeiras que não estão orçadas, principalmente se você perceber que seu orçamento ficou apertado depois da organização feita anteriormente.

Será que você precisa mesmo trocar de carro agora? Tem certeza que você precisa de um celular novo? Questione-se! Você não precisa fazer tudo o que deseja nesse exato momento.

Afinal, toda vez que você estiver dizendo “não” para algo, estará dizendo “sim” para o seu apartamento.

3 - Aumente a sua renda

A regra é clara: gastar menos e ganhar mais! Quer guardar mais por mês para comprar seu apartamento em um período de tempo menor? Aumente sua receita mensal de forma inteligente, mesmo que seja fazendo renda extra.

Uma dica é pegar uma habilidade ou um conhecimento que você tenha e monetizar, por exemplo, se você sabe falar inglês fluentemente, que tal fazer dinheiro com essa habilidade? Ofereça aulas particulares aos seus colegas de trabalho e garanta um valor extra no final do mês.

Como comprar um apartamento com pouco dinheiro?

Se você quer conseguir comprar um apartamento ou investir na casa própria, mas tem pouco dinheiro guardado, chegou a hora de aplicar as dicas que elencamos nos tópicos anteriores. Além disso, para que esse processo seja mais rápido, o ideal é contar com um financiamento imobiliário.

Assim, você junta pelo menos 20% para dar de entrada no apartamento e financia 80% do valor do imóvel.

Outro detalhe importante é que as parcelas do seu financiamento não podem ultrapassar 30% da sua receita mensal. Por isso, quanto mais você guardar e, consequentemente, maior for o valor de entrada, mais fácil será aprovar o financiamento e menor será o valor total financiado.

Quero comprar um apartamento: o que preciso saber

A oscilação da taxa básica de juros da economia brasileira, a Taxa Selic, influencia diretamente nos juros bancários aplicados em seu financiamento imobiliário. Assim, quanto mais alta ela tiver, maior será o custo total do empréstimo.

Porém, se estiver em seus planos financiar um imóvel, tranquilize-se com o que você vê nos noticiários. Afinal, além da Taxa Selic, existe uma demanda por crédito imobiliário grande, fazendo com que os bancos se tornem mais competitivos e ofereçam opções mais favoráveis aos seus clientes.

Além disso, antes mesmo de analisar o mercado imobiliário, atente-se às suas necessidades pessoais e profissionais, ou seja, busque uma propriedade localizada em uma região estratégica da cidade, perto de escolas, universidades, hospitais e vias de acesso importantes.

Assim, mesmo pagando um pouco mais no início, você terá um imóvel bem localizado que vai valer muito mais com o passar do tempo. Além disso, se um dia for do seu desejo alugar o seu patrimônio, a demanda de aluguel também será grande.

Ou seja, mesmo que seu desejo seja comprar um apartamento para viver nele por uns bons anos, olhe para o seu objetivo pessoal também como uma oportunidade de investimento. Desse modo, vai ser difícil você se arrepender no futuro, entende?

Prontinho, agora que você descobriu quanto guardar por mês para comprar o seu apartamento, aprendeu como poupar para alcançar esse objetivo e conferiu informações importantes sobre o processo de compra de um imóvel, não deixe de ir atrás de suas metas!

Deixe seu comentário ou dúvida

Artigos relacionados

Encontre o apartamento ideal hoje mesmo. Ajudamos você!

Chame um consultor agora ou agende uma ligação.