Como comprar um apartamento: dicas para o primeiro imóvel

18 Abril 2022 | Atualizado em 26 Abril 2022
Por Redação imobles

Mulher pensando segurando uma caneita com as mãos

Seja para investir no seu futuro lar ou para aumentar seu patrimônio, saber como comprar um apartamento é muito útil para quem tem a vontade de investir em imóveis. Afinal, ter um apartamento pode ser uma boa ideia para começar seu lar ou para gerar uma renda extra com aluguéis.

Mas a gente também sabe que nem sempre as condições são favoráveis para fazer uma aquisição como essa, não é mesmo?

Por isso, preparamos um guia prático respondendo as perguntas mais comuns na hora de adquirir um apartamento. Então se aconchega aí, passa um cafézinho e se prepara para anotar essas dicas incríveis!

Como juntar dinheiro para comprar um apartamento

Esta é, provavelmente, a dúvida da maioria dos brasileiros que se assustam com os valores imobiliários. Para tranquilizar você, gostaríamos de começar dizendo que quase ninguém tem todo o dinheiro em mãos na hora de comprar o primeiro apartamento.

Por isso, existem opções de crédito imobiliário como o financiamento e os consórcios. Assim, você paga uma quantia menor por mês a uma instituição que empresta o dinheiro para que você consiga efetuar a compra.

Mas, se você ainda tem um tempinho para economizar dinheiro e comprar seu primeiro imóvel e quer saber quanto guardar por mês para comprar um apartamento, preparamos umas dicas que podem ajudar você a economizar.

1. Organize suas contas para dar entrada no imóvel

De modo geral, as construtoras, incorporadoras e bancos pedem, no mínimo, 20% do valor do imóvel como entrada. O ideal é que você consiga guardar 30% da sua renda mensal enquanto estiver juntando dinheiro para esse primeiro passo.

Uma estratégia é analisar o quanto você gasta por mês, separando as contas por gastos fixos e variáveis. Quanto mais você conseguir diminuir a sua conta de gastos variáveis, melhor!

2. Avalie suas necessidades

Você já sabe que quer adquirir um apartamento, mas também deve pensar no que você precisa em um imóvel como esse. Por isso, vale a pena colocar na ponta do lápis a metragem ideal do lugar, localização, custo de vida na cidade e bairro e também os complementos do imóvel.

Se você busca comprar seu primeiro apartamento para morar com a família, talvez seja interessante buscar uma vizinhança com mercados, escolas e farmácias por perto e também analisar a posição local e escolher entre um imóvel nascente ou poente. Além disso, leve em consideração as áreas de lazer dos imóveis na hora de fazer sua escolha.

Alguns edifícios oferecem salão de festas, churrasqueira na sacada, parquinhos e até mesmo academia. Cabe a você avaliar quais as suas necessidades na hora de incluir essas facilidades na escolha.

3. Estabeleça metas e prioridades

A pergunta a se fazer aqui é: por quanto tempo você gostaria de pagar o seu novo bem? Um prazo mais longo implica em parcelas menores e juros maiores, enquanto um prazo mais curto equivale a parcelas maiores e juros menores.

Ou seja, esse quesito vai ser determinante na hora de calcular suas economias. Se a sua vontade é pagar um apartamento em menos tempo, você deve estar ciente de que o valor da parcela vai ser bem maior do que se a compra fosse feita a longo prazo.

4. Economize para amortizar parcelas

Outra saída é guardar todos os seus rendimentos para amortizar parcelas. Isto é, antecipar as prestações finais para ir reduzindo os juros totais. Essa pode ser uma boa saída se você conseguir juntar um dinheirinho extra no fim do mês, viu?

Como financiar um apartamento

Se você é do time que não tem o valor total do imóvel em mãos para quitar a propriedade, não se desespere! Você pode conseguir comprar através do financiamento.

Só até novembro de 2021, o número de imóveis financiados no ano já ultrapassava 800 mil unidades no Brasil. Por isso, fique tranquilo, você não está sozinho. Afinal, para muita gente, o financiamento é a resposta de como conseguir comprar um apartamento.

Por isso, anota aí o que você vai precisar para financiar um imóvel:

  • Escolha uma instituição bancária ou construtora da sua preferência para fazer uma simulação de financiamento imobiliário.

  • Analise as taxas oferecidas, prazos de pagamento e valor de entrada.

  • Depois de fazer a sua escolha, separe os documentos para passar pela análise de crédito. De modo geral, os documentos exigidos são o CPF e RG, comprovantes de renda (seu e dos seus dependentes ou pessoas que moram com você), carteira de trabalho e previdência social (CTPS), declaração de Imposto de Renda mais recente, comprovante de residência e de estado civil e cadastro positivo no Serasa Experian.

  • Aguarde que o banco cheque os seus documentos e faça uma análise jurídica da papelada do imóvel e também do vendedor proprietário, além de realizar uma vistoria na propriedade, checando se as informações passadas na solicitação de crédito correspondem à realidade do imóvel (se ele vale a quantia financiada e serve como garantia para o banco, por exemplo).

  • Aguarde o resultado da análise de crédito e, se tudo correr bem, acerte a entrada com o credor e comece a pagar as parcelas!

Quanto preciso dar de entrada para financiar um apartamento?

O montante que as instituições financeiras pedem na hora de acertar a entrada em um apartamento pode variar, mas, de modo geral, você deve arcar com 20% do valor total do imóvel na hora de dar a entrada.

É claro que você também pode conversar com o credor nesse momento. Afinal, se você tiver uma quantia maior disponível para começar a pagar o seu imóvel, vá em frente! Assim, você paga menos juros no processo de financiamento, já que eles são calculados com base no valor total que será emprestado a você para adquirir o bem.

Bastante informação, não é mesmo? Mas o passo a passo do financiamento é mais tranquilo do que você imagina! Certifique-se de escolher uma instituição de confiança para ceder o dinheiro a você e boa sorte na organização dos pagamentos!

Deixe seu comentário ou dúvida

Artigos relacionados

Encontre o apartamento ideal hoje mesmo. Ajudamos você!

Chame um consultor agora ou agende uma ligação.