Mercado imobiliário de Goiânia fecha o ano com 21% de valorização

11 Janeiro 2022 | Atualizado em 18 Abril 2022
Por Redação imobles

mercado imobiliário de Goiânia

2021 finalizou com 21% de valorização nos apartamentos novos em Goiânia! Coincidências numéricas à parte, o percentual comprovou o que vínhamos antecipando nas últimas análises do Índice imobles©: um ano de otimismo e resultados que comprovam a resiliência do mercado imobiliário, mesmo com a economia acionando seus freios - principalmente no segundo semestre.

O vaivém do setor ganhou ainda mais velocidade em 2021, aproveitando as mudanças na relação entre moradores e seus lares, que já davam sinais no segundo semestre de 2020.

Contrariando expectativas, a pandemia impulsionou a economia imobiliária, e as construtoras de Goiânia souberam responder às novas necessidades desse cenário, tanto no quesito volume de lançamentos, quanto na adaptação do perfil de empreendimentos.

Lançamentos à todo vapor no Setor Marista

Ao longo do ano, a cidade recebeu quase 50 lançamentos imobiliários de médio e alto padrão. Pela primeira vez, o Setor Marista terminou o ano à frente do Bueno na corrida pelo bairro com maior número de empreendimentos lançados, equilibrando o título inédito à outro que já é sua marca registrada: o de setor mais valorizado em Goiânia, com preço de metro quadrado finalizando 2021 na média de R$ 7,7 mil.

Mesmo com a medalha de prata em volume de lançamentos, o Setor Bueno segue entre os mais buscados para se morar em Goiânia, e viu seu preço por metro quadradoescalar de R$ 6.100 em Janeiro de 2021, para R$ 7.600 em Dezembro, uma valorização de quase 25% no ano.

Ou seja, quem busca comprar seu apartamento no Bueno já deve estar preparado para enfrentar o reajuste nos preços, que devem seguir em alta em 2022.

Além da mudança nos valores, o bairro mais cosmopolita de Goiânia também foi sede para transformações trazidas pela pandemia no perfil dos empreendimentos. Entre elas, apartamentos tecnológicos e multifuncionais, com possibilidade de espaços destinados ao home office, por exemplo, além de edifícios equipados com opções de conveniência e lazer completo sem sair de casa.

Para além dos lançamentos luxuosos do Marista, e do adensamento urbano do Bueno, outra tendência de 2021 foi a expansão imobiliária para bairros próximos aos queridinhos da região sul de Goiânia. 

Parque Amazônia e Serrinha são destaque em valorização

Nesse movimento, setores como o Serrinha e Parque Amazônia passaram a ser vistos como boas oportunidades para novos empreendimentos, com lançamentos ousados e inovadores, como a Reserva Ybiti, e o Lake House Residence - primeiro alto padrão do Parque Amazônia.

Em poucos meses, as atenções de investidores se voltaram para esses setores, que acumulam percentuais de valorização expressivos: o Parque Amazônia, com 30% de valorização em 2021, seguido pelo Serrinha, com 29,7%. 

Assim, entre novas tendências, bairros com valorização recorde e novas áreas tornando-se oportunidades, 2021 finalizou com valorização de 21% na média para o metro quadrado da cidade, um resultado que supera ainda indicadores como a inflação, IPC-A, e a inflação da construção civil, INCC, no período.

Fonte: imobles.com | Pesquisa "Preços dos Apartamentos em Goiânia"

Confira o relatório da valorização imobiliária em 2021 na íntegra

Acesse nossa página de valor de metro quadrado em Goiânia, o Índice imobles©, e confira a evolução do preço por metro quadrado dos bairros de Goiânia, os setores destaque em valorização no ano e as principais oportunidades de investimento na cidade!

Confira os últimos lançamentos imobiliários

Deixe seu comentário ou dúvida

Artigos relacionados

Em qual bairro de Goiânia você quer morar?

Recomendações imobles

Encontre o apartamento ideal hoje mesmo. Ajudamos você!

Chame um consultor agora ou agende uma ligação.