Como é morar em Goiânia: um guia para você se sentir em casa

24 Março 2022 | Atualizado em 18 Maio 2022
Por Luana Santos

Como é morar em Goiânia

Localizada no coração do Brasil, Goiânia é um lugar preparado para receber gente: seja novo ou conhecido, pode ter certeza de que você vai ser muito bem acolhido por aqui. Apesar da cidade ser relativamente nova - tem pouco menos de 90 anos -, ela foi toda planejada: até a escolha geográfica foi escolhida a dedo. Ou seja, você está de olho em um lugar especial!

Hoje, a capital de Goiás é um dos destinos mais procurados quando o assunto é mercado imobiliário. Com uma infraestrutura urbana bem estruturada e boas opções de imóveis - seja para compra ou aluguel - o número de potenciais moradores e investidores têm aumentado constantemente.

Para entender um pouquinho melhor do porquê isso acontece, preparamos esse guia para esclarecer todas as suas dúvidas!

Por que morar em Goiânia?

São muitos os aspectos positivos de morar em Goiânia, mas, para que você possa tirar suas próprias conclusões, criamos uma listinha com os principais pontos.

1. Cidade planejada

Você sabia que a primeira capital de Goiás não foi Goiânia? Pois é, a antiga capital era a atual Cidade de Goiás, também conhecida como Goiás Velho. O município foi fundado em meados de 1750 e batizado de Vila Boa de Goiás.

Tudo isso só foi mudar durante a Revolução de 1930, quando o então presidente Getúlio Vargas nomeou Pedro Ludovico Teixeira, homenageado anos depois com o bairro de mesmo nome: o Setor Pedro Ludovico, como interventor do estado de Goiás.

Foi de Teixeira a ideia inicial de redefinir a capital goianiense. Segundo ele, a mudança organizaria o alto fluxo migratório da época, além de facilitar uma maior conexão entre o Centro-Oeste e o Sul brasileiro. Após muita resistência oposicionista, Teixeira conseguiu um forte apoio de entusiastas e, em 1933, fundou a nova capital do estado: Goiânia.

A partir daí, começaram os estudos sobre a região e os primeiros passos da construção da nova cidade. Teixeira chamou o arquiteto Attilio Corrêa Lima para que fosse feito o planejamento urbanístico de Goiânia.

Inicialmente pensada para uma população de 50 mil habitantes, a capital cresceu rapidamente e, em 1960, já excedia o planejado - os números já passavam de 150 mil pessoas! Foi nessa década que houve um dos maiores projetos para investimento em infraestrutura na cidade, que ganhou cerca de 125 novos setores no período.

2. Goiânia tem uma alta qualidade de vida

Que Goiânia foi uma cidade planejada, você já sabe. Agora já dá para entender melhor como essa pré-organização ajudou a melhorar a qualidade de vida da população goianiense.

Para além de parques, escolas, hospitais e comércio bem dispostos, os setores mais antigos e centralizados são muito bem conectados, com destaque para os bairros da região Sul da cidade, como o Setor Oeste, Campinas e Leste Vila Nova.

Além de cada um ter uma estrutura bem fundamentada, os primeiros setores da capital podem ser vistos como uma “mini-cidade”, por sua independência. Áreas externas de lazer, como parques e ciclovias, são facilmente encontrados, bem como espaços fechados, como por exemplo teatros, museus, bares e restaurantes.

Mas, como dissemos anteriormente, a migração intensa causou um aumento populacional significativo e, hoje, Goiânia é a décima cidade mais populosa do País, segundo estimativas do IBGE. Você pode imaginar o que aconteceu após esse crescimento acelerado, certo?

Os novos bairros criaram uma área mais periférica e distante dos principais serviços e comércios da região. Além disso, Goiânia passou a apresentar problemas comuns a outras metrópoles, como o trânsito conturbado e desafios de saneamento básico.

Mesmo com essas questões, a capital integra a lista de cidades com melhor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), estando entre as 50 cidades brasileiras mais bem colocadas, segundo o IBGE. O ranking considera aspectos como educação, saúde e renda para determinar a qualidade de vida local.

3. Grande oferta de lazer e entretenimento

Se você é do tipo que curte passar um tempo ao ar livre ou dar uma caminhada, está no lugar certo! Conhecida como “capital verde”, existem mais de 40 parques espalhados por Goiânia - com muitos setores contando com o seu próprio, como o Parque Areião - no Setor Marista e o Parque Flamboyant, no Setor Jardim Goiás.

Inclusive, Goiânia é atualmente a cidade mais arborizada do país, segundo o IBGE, com cerca de 94 m² de área verde por habitante!

Agora, se na sua família a exigência for ter áreas para crianças, fique tranquilo! Existem inúmeras atividades voltadas para os baixinhos em cada setor, como playgrounds, planetário, gibiteca, zoológico e muitas outras! Destaque para o famoso Mutirama, parque de diversões localizado no Setor Central.

Foto do parque mutirama
Foto do Parque Mutirama

Já se você não abre mão de sair com os amigos, não se preocupe, que em Goiânia barzinho é o que não falta! Como “festeiro” é uma característica forte de todo goianiense, não é difícil encontrar um lugar para tomar aquela cervejinha. Mas se quiser conhecer os mais conceituados, é só dar uma olhadinha na região Sul, que possui uma variedade que vai agradar a todos os gostos.

4. Serviços públicos bem estruturados

Goiânia também tem serviços importantes a se considerar, principalmente se você pensa em morar por lá! Em se tratando de atendimentos voltados à população, a capital é reconhecida por sua excelência, com destaque para as áreas de educação e saúde.

Segundo dados do governo de Goiás, cerca de 75,5% dos goianienses já completaram o ciclo vacinal contra a COVID-19. Além disso, tanto a Secretaria de Saúde do Estado quanto o Instituto Municipal de Assistência à Saúde dos Servidores de Goiânia (Imas) anunciaram em 2021 a meta de zerar a fila de cirurgias eletivas.

Isso, sem falar do polo médico goianiense, localizado principalmente no Setor Bueno, que atende as necessidades tanto de moradores, como de visitantes que escolhem a capital para realizar tratamentos especializados.

Já com relação à educação, Goiânia concentra um número grande de bons colégios de ensino fundamental e médio, e faculdades bem avaliadas a nível nacional, entre elas a UFG e a PUC Goiás, ambas localizadas no Setor Universitário, bairro que abriga boa parte dos estudantes da capital.

5. Alto potencial de crescimento econômico

Cidade com grande potencial econômico, hoje ela fica à frente do resto do estado quando o assunto é PIB (R$ 46 milhões) e entre os quinze maiores quando comparado a nível nacional.

Desde os anos 80, Goiânia se tornou polo de investimentos imobiliários e, desde então, o mercado continuou em constante expansão, sendo atualmente uma de suas principais atividades econômicas. Somando ao fato de o município ter um dos preços de imóvel por metro quadrado mais barato do País, ela se torna atrativa quando o assunto é compra ou aluguel de imóveis!

Custo de vida 

Já que entramos no assunto “din din”, vamos entender melhor como é o custo de vida em Goiânia. Pensando nisso, escolhemos indicadores que podem facilitar a sua análise, como o valor da cesta básica local, a média de salário do habitante e o valor médio do metro quadrado de diferentes capitais brasileiras.

Nesse processo, selecionamos como referências o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), a Horus Inteligência de Mercado, em conjunto com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), e a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FipeZAP+).

Para o custo de vida estimado, utilizamos como base o Expatistan, site colaborativo que reúne dados referentes à alimentação, moradia, roupas, transporte, cuidados pessoais e entretenimento para medir a variação de custo de vida em diversas regiões do mundo. Para o ranking abaixo, compilamos os números relativos às 27 capitais brasileiras.

Tabela do custo de vida em Goiânia

  Custo de vida estimado Cestas básicas (abr/2022) Média de salário (2019) Valor metro quadrado
São Paulo - SP (Sudeste) 2º colocado R$ 803,99 4,1 salários mínimos
(R$ 4.969,20)
R$ 9.882,00
Florianópolis - SC (Sul) 3º colocado R$ 788,00 4,5 salários mínimos
(R$ 5.454,00)
R$ 8.913,00
Manaus - AM (Norte) 5º colocado R$ 648,75 3,1 salários mínimos
(R$ 3.757,20)
R$ 5.818,00
Salvador - BA (Nordeste) 10º colocado R$ 575,84 3,4 salários mínimos
(R$ 4.120,80)
R$ 5.478,00
Goiânia - GO (Centro-Oeste) 12º colocado R$ 682,87 3,3 salários mínimos
(R$ 3.999,60)
R$ 5.550,00

Fonte Custo de Vida Estimado: Expatistan
Fonte Cesta Básica: DIEESE e Horus Inteligência de Mercado e o Ibre/FGV
Fonte Média de Salário: IBGE
Fonte Valor Metro Quadrado: FipeZAP+

Onde morar em Goiânia?

Agora que você já tem uma noção de como é o estilo de vida de Goiânia, chegou a hora de especificar e falar sobre alguns setores.

Distribuídos em cerca de 728 mil quilômetros quadrados, Goiânia possui mais de 640 bairros. Fique tranquilo que hoje vamos conversar sobre apenas alguns destaques. Se quiser saber mais sobre esses e outros setores, é só acessar o nosso Guia de bairros de Goiânia.

Setor Bueno

Localizado na região Sul de Goiânia, o Setor Bueno é um dos bairros que mais crescem na região. Além de sua característica cosmopolita, o setor tem uma forte influência comercial e conta com empreendimentos para todos os públicos.

Como é morar em Goiânia, Setor Bueno
Praça T-23, Setor Bueno

Informalmente falando, o bairro pode ser dividido entre Alto e Baixo Bueno e a denominação também é utilizada para entender melhor a distribuição de preços imobiliários. Mas é importante lembrar que, em geral, os imóveis são de médio a alto padrão. Em abril de 2022, o valor do metro quadrado em apartamentos na planta ou recém-entregues estava na faixa de R$ 8,1 mil.

O setor funciona de forma bem independente, uma vez que diversos tipos de serviço estão à mão do morador. Porém, essa característica traz uma desvantagem comum a toda cosmópole: é comum que a área fique bem movimentada na hora do rush.

O Bueno também é conhecido por ter uma boa estrutura educacional, contando com escolas de renome nas proximidades, bem como faculdades bem avaliadas. Depois de estudar, o lugar ideal no setor para descansar um pouco é o Parque Vaca Brava, um dos principais da cidade.

Como é morar em Goiânia, Parque Vaca Brava
Parque Vaca Brava

O local foi criado há pouco mais de 70 anos atrás e engloba uma área de cerca de 80 mil m², com espaço para caminhar, descansar ou fazer um piquenique. No Parque, você pode conferir e conhecer as nascentes locais ou o grande lago. Bem ao lado do Vaca Brava, existe um outro lugar conhecido de todo goianiense: o Goiânia Shopping.

Ele é um dos mais famosos da região, tanto por seu tamanho, quanto por sua localização estratégica e possui cerca de 160 lojas.

Setor Jardim América

Setor mais populoso de Goiânia, hoje o Jardim América abriga sozinho cerca de 50 mil habitantes. Justamente por isso, não é difícil ouvir a denominação “cidade dentro de outra cidade” para se referir ao Jardim América. Inicialmente, a ideia era que o bairro fosse voltado para uma classe mais abastada, mas o objetivo só foi alcançado depois de algumas décadas.

A princípio, o bairro foi habitado por famílias mais humildes e, com o passar dos anos, foi crescendo o número de edifícios e empreendimentos mais sofisticados.

Hoje, o setor é considerado um dos melhores bairros para investimento imobiliário, devido à diversidade de imóveis disponíveis e boa valorização do metro quadrado do setor - tanto em empreendimentos prontos quanto na planta. Em abril de 2022, o valor do metro quadrado para imóveis novos e na planta estavam a partir de R$ 6,9 mil, segundo o Índice imobles.

Como é morar em Goiânia, Parque Santos
Parque Santos

Além disso, o setor também consegue funcionar de forma independente e é ideal para quem prefere estar próximo de tudo - seja a escola dos filhos, o ambiente de trabalho, o passeio de domingo ou o happy hour com os amigos.

Mesmo com inúmeras vantagens, a maior desvantagem do setor é o alto tráfego local. Por ser uma área de grande movimentação e atrativos, é comum ficar algumas horas a mais no trânsito ao passar por lá.

Setor Jardim Goiás

Além de ser um setor em constante crescimento e de alta valorização, o Jardim Goiás tem muitos atrativos para quem estiver interessado em algum imóvel da região.

Se o seu objetivo é investir em empreendimentos novos, é importante atentar para a falta de espaço para construção no setor, o que faz com que os lançamentos nessa área sejam escassos, valorizando ainda mais os apartamentos à venda no Jardim Goiás.

Em relação a apartamentos novos e na planta, o valor médio do metro quadrado estava a partir de R$ 8,6 mil, em abril de 2022.

O Jardim Goiás é considerado um dos setores mais tranquilos da capital, ideal para quem procura a tranquilidade do interior. Mas não se engane! Ele tem uma forte área de comércio e serviços, abrangendo mercados, escolas, restaurantes e agências bancárias nos arredores.

Agora, se você é amante de futebol, o Jardim Goiás vai ter seu point favorito! É ali que se localiza o Estádio Serra Dourada, arena onde ocorrem as partidas dos principais times da cidade, como o Atlético Goianiense, o Goiás e o Vila Nova.

Como é morar em Goiânia, Estádio Serra Dourada
Estádio Serra Dourada

Depois do jogo, não esqueça de passar no Parque Flamboyant, destaque do setor. Com cerca de 125 mil m², o local é cheio de atividades para todos os gostos, como mirante, playground, espaço para caminhada, além de dois lagos.

Antigamente, o parque fazia parte da área do Shopping Flamboyant, que hoje é seu vizinho, e foi responsável pelo crescimento do bairro nos anos 80. Além de ser o shopping mais antigo da região, ele também é o segundo maior.

Setor Marista

Tradicional e de alto padrão, o Setor Marista é o sonho de muitos goianienses. Além de possuir um comércio com ampla variedade de serviços, o setor é conhecido pela alta quantidade de empreendimentos luxuosos. O preço do metro quadrado para novos empreendimentos - recém-lançados e na planta - era de cerca de R$ 8,2 mil, em abril de 2022.

O bairro é bem versátil, agradando tanto a quem curte atividades mais tranquilas, como uma caminhada no Parque Areião, como para quem gosta mais de sair à noite. A vida noturna do Marista é, inclusive, um dos principais pontos boêmios de Goiânia, recheado de opções para um happy hour divertido.

cervejaria no Setor Marista
Brauhaus Cervejaria

O setor está bem localizado estrategicamente, uma vez que tem fácil acesso a bairros próximos como o Bueno, o Jardim Goiás e o Oeste. Porém, é importante atentar para o fato do Marista ser muito movimentado e com alto trânsito constante - ou seja, é próximo de tudo, mas você vai demorar um pouquinho para chegar ao lugar desejado.

Mas, assim como outros setores, o Marista tem uma boa estrutura comercial, facilitando para o morador de lá a encontrar as suas necessidades perto de casa, devido a ampla variedade de serviços e custo atraente.

Setor Oeste

Considerado um dos bairros mais nobres da Capital, o Setor Oeste é conhecido por ser um bairro de elite desde a fundação de Goiânia. Ou seja, o Setor Oeste é o lugar certo para você que está à procura de um apartamento de alto padrão para investimento ou moradia.

Apesar do bairro concentrar um grande número de edifícios mais antigos, o local conta com uma valorização imobiliária muito positiva, tanto nos imóveis de revenda quanto nos empreendimentos mais recentes. Por exemplo, o valor médio do metro quadrado de lançamentos imobiliários ou na planta estava a partir de R$ 7,7 mil, em abril de 2022.

Uma das grandes vantagens do Setor Oeste certamente é a tranquilidade e segurança do bairro. Sabe aquela sensação de cidade do interior? Pois é essa calmaria que você sente por aqui! Tudo por conta da Assembleia Legislativa do estado que está localizada no setor, o que confere uma seguridade mais reforçada.

Para além dessa sensação, o Setor Oeste também funciona muito bem para quem pensa em se mudar com a família. Bem localizado, o bairro proporciona ao seu morador a possibilidade de estar bem pertinho de locais de lazer dos mais variados estilos, como o Parque Zoológico de Goiânia, o Museu de Arte de Goiânia e o Lago das Rosas.

Como é morar em Goiânia, Parque Lago das Rosas
Lago das Rosas

Está convencido que Goiânia vai ser seu novo CEP?

Se você curtiu o conteúdo e Goiânia chamou a sua atenção, por que não dar uma olhadinha em alguns apartamentos para comprar em Goiânia? Confira alguns dos nossos empreendimentos disponíveis!

Confira os últimos lançamentos imobiliários

Deixe seu comentário ou dúvida

Artigos relacionados

Em qual bairro de Goiânia você quer morar?

Recomendações imobles

Encontre o apartamento ideal hoje mesmo. Ajudamos você!

Chame um consultor agora ou agende uma ligação.