Escute o conteúdo por áudio:

Que o goiano adora um parque para curtir os finais de semana ou o fim de tarde, provavelmente você já sabia, mas você conhece os principais parques públicos da capital de Goiás?

Trouxemos hoje a lista dos principais parques para lazer abertos de Goiânia, além de todos os atrativos e feiras que cada um possui. Bora conhecer um pouco deles?

Parque Areião – Setor Marista

Estamos falando dele, um dos maiores parques em extensão territorial de Goiânia. Acertou quem pensou no Parque Areião! Com mais de 215 mil metros quadrados de área, o Areião está localizado entre a divisa dos setores Marista, Pedro Ludovico e Bela Vista.

Parque Areião
Parque Areião

O local possui lago, gramado para piquenique, playground, trilhas e até mesmo pista de corrida e caminhada com mais de 2 km de extensão. No Parque também é possível encontrar vendedores ambulantes com água de coco, algodão doce e pipoca.

A localidade é uma boa pedida para passar os finais de semana com tranquilidade em contato com a natureza. No Parque é possível ter contato com a flora e fauna local, é possível encontrar até pequenos macacos que passam por lá.

Parque areião - Parques em goiânia
Parque Areião

O Parque Areião é cercado e possui horário de visitação das 07h às 20h diariamente. Além disso, o local não possui estacionamento próprio, mas você pode buscar uma vaga para o carro no entorno do parque ou ainda deixar nos estacionamento pagos presentes em ruas próximas.

Agora, para aqueles que querem ter o Parque Areião como vizinho, que tal conhecer um empreendimento nos arredores? O Legacy City Home, da City Incorporadora, fica a poucos metros do parque e ainda tem vista definitiva para ele.

Parque Vaca Brava – Setor Bueno

Um dos mais conhecidos e visitados parques de Goiânia: estamos falando do Parque Sulivan Silvestre, ou Parque Vaca Brava. Com pouco mais de 79 mil metros quadrados, o parque fica localizado em meio ao ambiente urbano ao lado do Goiânia Shopping.

O local foi criado em 1951  com o intuito de preservar a nascente do córrego Vaca Brava, uma fonte de água natural que deságua no lago do próprio parque. A flora do local é composta por diversas árvores, trazendo sombra e ar fresco.  

Vista Parque Vaca Brava
Vista Parque Vaca Brava

Além do lago, o Parque possui também trilhas, pista para caminhada e corrida, amplo espaço com gramado para fazer um piquenique aos finais de semana ou ainda levar seu pet para brincar. 

No entorno do local é possível encontrar academia ao ar livre, playground e também os tradicionais vendedores ambulantes com itens diversos. E se durante o passeio bater aquela fome, você também pode aproveitar os deliciosos food trucks que ficam nos arredores.


O Parque Vaca Brava não possui estacionamento próprio, mas você pode tentar encontrar uma vaga nos arredores do local, o que pode ser difícil devido ao movimento intenso que é comum do setor Bueno.

O espaço é aberto ao público e pode ser visitado todos os dias da semana, em qualquer horário.  Para garantir a segurança nos passeios noturnos, o local possui videomonitoramento e ampla iluminação nos espaços.

vista noturna parque vaca brava
Vista noturna Parque Vaca Brava

Se você quiser aproveitar as belezas do Parque Vaca Brava de forma integral, que tal morar por lá?  O Casa Opus Vaca Brava, da Opus Incorporadora fica localizado na orla do parque com vista permanente.

Parque Bernardo Élis – Residencial Celina Park

Vizinho do Setor Eldorado, o Parque Bernardo Élis está um pouco afastado das áreas mais populosas da capital. Longe do vaivém dos Setores Bueno e Marista, o parque proporciona ainda mais tranquilidade para quem decide aproveitar um dia de contato com a natureza nesse ambiente. 

Inaugurado em 2012, o Parque é parte do projeto do Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns, um complexo ambiental que pretende unir diversos espaços verdes com fins de  proteger a nascente do córrego Macambira e outras.

Quando ficar pronto, o complexo será o maior da américa latina. Além do Parque Bernardo Élis, o Parque Macambira Anicuns também faz parte do futuro complexo ambiental.

parque bernardo elis
Parque Bernardo Élis

O local possui ampla infraestrutura para esportes ao livre, como caminhada, corrida e pedalada, com pistas e ciclovias. Além disso, o parque conta com academia ao ar livre, playground, espaço pet e quadras de esporte com opções de lazer para todos os gostos. 

A beleza paisagística faz parte do espaço que conta com arborização, para curtir a sombra nos dias mais quentes e gramado para descanso ou prática esportiva. No local também é possível encontrar um curso de água corrente e uma ponte que atrai os visitantes. 

O Parque Bernardo Élis é aberto ao público todos os dias e possui estacionamento na Rua CP-4, lateral ao local. 

Para quem quer ter o parque como vizinho, uma boa pedida é visitar o Uptown Home da Construtora Innovar, que fica localizado a apenas 300 metros do local.

Parque Cascavel – Jardim Atlântico 

O Parque Cascavel é um dos queridinhos de Goiânia. E não é para menos! Com 280 mil metros quadrados de área, o Parque possui beleza paisagística sem igual.  Inaugurado em 1999, o local tem como objetivo preservar a nascente do Córrego Cascavel e recentemente passou por revitalização. 

parque cascavel
Parque Cascavel

Localizado entre os setores Jardim Atlântico, Parque Amazônia e Vila Rosa, o parque fornece infraestrutura para prática de atividades como caminhada, pedalada  e corrida com pista dentro e no entorno do local, além de playground para as crianças.  Mas o destaque está no amplo gramado ao redor do lago, um espaço de lazer arborizado para curtir com a família e os pets. 

O Parque Cascavel é aberto e você pode visitá-lo todos os dias. O local não possui espaço próprio para estacionamento, mas você pode parar o carro no entorno do parque.

E para aqueles que querem ter a experiência de morar na orla de um parque, o Cascavel reúne diversos empreendimentos ao seu redor. Entre eles estão o Soul Parque Cascavel, da Construtora e Incorporadora Campos, Terra Mundi Parque Cascavel, da New Incorporadora, e o Varandas do Parque, da CMO Construtora. 

Parque Flamboyant –  Jardim Goiás 

Vizinho do Estádio Serra Dourada, o Parque Flamboyant é um dos mais visitados da capital. Localizado no Jardim Goiás, o espaço possui 125 mil metros quadrados de área, além de bela paisagem para os que visitam o espaço.

O local é considerado um refúgio verde em meio ao ambiente urbano, ao lado de arranha-céus e do Shopping Flamboyant. O Parque foi criado em 1950 com o objetivo de preservação ambiental de diversas nascentes presentes ali.

O espaço possui pista de caminhada e corrida, playground, academia ao livre e amplo gramado para curtir com os pets ou descansar. Além das tradicionais atrações, você também pode aproveitar possível o frescor dos dois grandes lagos presentes no parque, e passear entre as diversas pontes  que  deixam o ambiente mais agradável. 

parque flamboyant jardim goias
Parque Flamboyant Jardim Goiás

O Parque Flamboyant é aberto e por isso está acessível todos os dias em qualquer horário. Para os que utilizam carro, o local possui espaço de estacionamento em todo o entorno, concentrando na Rua 15, próximo a entrada principal do Parque.

Parque Macambira Anicuns – Faiçalville

O Parque Macambira Anicuns está localizado no bairro Faiçalville, um pouco afastado da região central da capital. Mesmo com a distância, vale a pena a visita. Dele já foram feitos diversos artigos e monografias, dada a relevância ambiental do projeto não só para a cidade de Goiânia mas para todo o país. 

parque macambira
Parque Macambira. Câmara Municipal de Goiânia / Reprodução

O espaço também é parte do Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (PUAMA), que junto do Parque Bernardo Élis e outros parques, integra o que será o maior espaço de preservação ambiental da américa latina. 

O projeto conta com um comitê gestor que é responsável pelo planejamento e fiscalização do Programa e dos parques. Conheça mais sobre o PUAMA em seu documento oficial.

A estrutura do parque conta com quadras de esporte, ciclovia, pista para caminhada e corrida, playground, um anfiteatro para eventos, riachos de água natural, pista de skate, além de outros atrativos. Já a vegetação nativa e o projeto de arborização é uma atração a parte, que além da beleza do parque, ainda garante a sombra necessária para se refugiar nos dias mais quentes

Parque Macambira
Parque Macambira. Reprodução // Barbieri + Gorski

Se você curtiu o contato com a natureza que o Parque Macambira proporciona, saiba que você também pode morar próximo dali. Um bom exemplo de empreendimento no bairro é o Vida Sol da Construtora EBM que fica a duas quadras do local. 

parque macambira
Parque Macambira. Reprodução // Barbieri + Gorski

Bosque dos Buritis – Setor Oeste

O Bosque dos Buritis é um dos parques mais antigos da capital, já que foi projetado junto da planta original da cidade. O local conta com mais de 140 mil metros quadrados de área, com diversas atrações cercadas pela mata nativa.

bosque dos buritis
Bosque dos Buritis // Daniel Machado

Compõe a paisagem do Bosque três lagos artificiais, além de diversas quedas d’água pequenas espalhadas pelo parque. O local também pode ser uma boa opção para turismo, já que você vai encontrar por lá o Museu de Arte de Goiânia (MAG), assim como o Monumento à Paz Mundial, uma peça de arte criada para homenagear as  vítimas do desastre Césio-137 que ocorreu na capital de Goiás. 

Monumento à paz mundial
Monumento à paz mundial // Reprodução: Prefeitura Municipal de Goiânia

Outro destaque do Bosque dos Buritis é a presença do Centro Livre de Artes, que oferece cursos gratuitos de dança, pintura, teatro, capoeira, dentre muitas outras atividades culturais de forma gratuita a toda população.

Além disso, o Bosque dos Buritis conta com playground, espaço para trilhas e pista de caminhada e presença de diversos animais silvestres como patos, tartarugas e peixes. 

Para os que querem ir até lá, o Bosque dos Buritis é cercado e possui horário de funcionamento das 8h às 18h todos os dias. O local possui estacionamento com entrada pela Rua 1, além da possibilidade de deixar seu veículo ao redor do parque. 

Parque Zoológico  – Setor Oeste

O Parque Zoológico Municipal de Goiânia foi fundado em 1956 e atualmente possui mais de 500 animais. Dentre eles estão: leões, tigres, hipopótamos, aves, ursos dentre outros.

Parque Zoológico Municipal de Goiânia
Zoológico Municipal de Goiânia // Foto: Márcia Cobar

Além da visitação aos animais, que é o foco principal do espaço, o Zoo conta com playground, lagos e espaços de gramado, ideal para curtir o descanso no final de semana.  O local é administrado pela prefeitura e necessita de ingresso para entrada.

Parque zoologico goiania
Parque Zoológico Goiânia // Reprodução: Prefeitura de Goiânia

Se você se imaginou morando do ladinho do Parque Zoológico existem algumas opções de empreendimentos como o Poème Lago das Rosas, da Construtora Sousa Andrade ou o City Vogue Alameda da City Incorporadora.


O Zoo fica aberto de quarta à domingo, das 8h30min às 17h. Você pode comprar seu ingresso até às 16h pelo valor de R$5,00 ou meia entrada por R$2,50 para crianças até 12 anos e estudantes que apresentarem a carteira nacional. O Parque Zoológico possui estacionamento próprio com acesso pela Alameda das Rosas.

Jardim Botânico – Setor Pedro Ludovico

O Jardim Botânico Amalia Hermano Teixeira é um dos principais parques da capital goianiense, e fica localizado no setor Pedro Ludovico. Fundado em 1978, o local é um dos mais antigos parques de Goiânia e passou por revitalização em 2019. 

Jardim Botânico Goiânia
Jardim Botânico Goiânia

O Jardim Botânico possui um dos remanescentes espaços de mata nativa fechada com flora e fauna silvestre do cerrado. O local também conta com pista de caminhada, lagos naturais, borboletário, ciclovia e um anfiteatro aberto à beira de um dos lagos.

Borboletário Jardim Botânico
Borboletário Jardim Botânico // Reprodução: Poder Goiás

Para os que ficaram curiosos, o Jardim Botânico fica aberto à visitação todos os dias da semana e não possui estacionamento próprio, mas é possível estacionar em ruas perpendiculares ao parque. Aos cadeirantes ou pessoas que possuem dificuldade de locomoção, é possível estacionar dentro do parque. 

Parque Leolídio di Ramos Caiado – Setor Goiânia 2 

O Parque Leolídio di Ramos Caiado é um dos mais recentes parques da capital. Inaugurado em 2010, o espaço possui pouco mais de 100 mil metros quadrados e está localizado no setor Goiânia 2. 

O Parque possui playground, pista de caminhada, ciclovia, quiosque para descanso e a maior parte do espaço está ocupada por um lago localizado no centro do parque, com todas as atrações no seu entorno.

parque leolidio di ramos caiado
Parque Leolidio di Ramos Caiado

O local é aberto e por isso não possui restrições e horários de visitação. Para estacionar é possível escolher algumas das ruas localizadas no entorno do parque. 

Parque Carmo Bernardes – Parque Atheneu

O Parque Carmo Bernardes está localizado no bairro Parque Atheneu, no sudeste da capital de Goiás. O espaço, que leva o nome do importante escritor e membro da Academia Goiana de Letras, foi revitalizado em 2019 e recebeu o plantio de diversas espécies nativas do cerrado.

Confira um pouco mais do parque aqui: 

O local possui playground, pista de caminhada, lago, quiosque, quadra esportiva e amplo gramado em toda a extensão, além de animais silvestres que compõem a fauna do parque.

Parque Carmo Bernardes
Parque Carmo Bernardes // Prefeitura de Goiânia

O Parque Carmo Bernardes é aberto ao público e por isso não possui restrições no horário de funcionamento. Para os que querem ir até o local com o carro, é possível estacionar nas ruas do entorno.

Parque Botafogo – Setor Central

Localizado no Setor Central, o Parque Botafogo integra o time dos parques mais antigos de Goiânia. Isso porque, o espaço foi planejado pelo arquiteto Atílio Corrêa Lima junto da planta original da capital, na década de 30. Junto do Parque de diversões Mutirama, o Parque Botafogo integra um complexo de lazer com mais de 170 mil metros quadrados  de área.

Parque Botafogo e Parque Mutirama
Parque Botafogo e Parque Mutirama

O Parque conta com lago, espaço para ginástica ao ar livre, pista para caminhada, arborização e quadras de esporte. O espaço está repleto de mata nativa e animais silvestres Ao ver um deles, você pode se encantar e querer alimentá-lo, mas atente-se! A prefeitura de Goiânia indica que os visitantes não alimentem os animais.

Para os que se interessam pela região, o Park Living Mutirama é um destaque imobiliário que fica localizado ao lado do Parque Botafogo. 

Parque Lago das Rosas – Setor Oeste

O Parque Lago das Rosas, segundo algumas fontes, é o primeiro parque inaugurado na capital de Goiás. Isso porque ele foi projetado junto da planta original da cidade e aberto ao público na década de 40.  Na época, o espaço foi planejado para servir de balneário aos moradores para alívio nos dias mais quentes. 

Parque Lago das rosas
Parque Lago das rosas // Reprodução: Carla Falcão / Aproveite a cidade

Junto do Parque Zoológico, o Parque Lago das Rosas integra o Horto Florestal de Goiânia com quase 100 mil metros quadrados. Lá é possível encontrar quadras de esporte, playground, pista para caminhada, além da atração principal: o Lago das Rosas. A estrutura dispõe de pedalinhos e até mesmo um antigo trampolim, inativado. 

A visitação ao local é aberta todos os dias da semana. 

Que tal ser vizinho de um desses parques?

A imobles te ajuda a fazer a melhor escolha desde o início da jornada de compra. Inicie sua pesquisa por imóveis em Goiânia agora!