Escute o conteúdo por áudio:

Goiânia é uma das 10 melhores capitais para se viver no Brasil, de acordo com o ranking da consultoria Macroplan, que analisou as 100 maiores cidades do país. Mas que a capital do Goiás é um bom lugar para viver,  todo bom goianiense sabe.

O que talvez você não saiba é o quanto custa morar em cada um desses setores de goianienses!  Por isso, preparamos um ranking com os 10 bairros mais valorizados da capital goiana.

Todas as informações dispostas aqui sobre valores de metro quadrado foram retiradas da edição de agosto de 2021 do Índice imobles© de valor do metro quadrado. 

O Índice imobles© é um levantamento inédito calculado através de uma base de dados própria, que leva em consideração o valor do metro quadrado nos principais setores da capital. As informações são atualizadas mensalmente e monitoram os valores praticados por mais de 50 construtoras e 200 empreendimentos. Conheça :

1. Setor Marista: R$ 7,6 mil

O Setor Marista é conhecido entre os goianienses pelo  requinte e pela alta gastronomia que só o bairro possui. Um dos pontos principais é a Alameda Ricardo Paranhos, uma das avenidas mais charmosas do bairro, que contém espaço para esportes ao ar livre, além de muitas opções de restaurantes, bares, lojas e outros comércios. 

Bairro mais valorizado de Goiânia: Setor Marista. Foto da Alameda Ricardo Paranhos
Alameda Ricardo Paranhos, Setor Marista. Foto: SMT/Divulgação

O requinte e luxo do setor não ficam restritos aos pontos verdes e à gastronomia: se refletem também nos imóveis. O bairro está repleto de lançamentos imobiliários, grande parte com médio ou alto padrão. Recentemente, a novidade que invadiu o Setor Marista foram os  apartamentos compactos de luxo, tendência que vem ganhando o mercado imobiliário da cidade. Isso porque os empreendimentos compactos combinam tecnologia e design e sofisticação,  em espaços como studios, 1 ou 2 quartos.  

Um exemplo disso é a linha Gyro, da Opus Incorporadora, que trouxe as piscinas na varanda para unidades de 1 quarto, o que antes era uma exclusividade das penthouses ou apartamentos de tamanho avantajado.

2. Setor Oeste: R$ 7,4 mil

Bosque dos buritis - Setor Oeste
Bosque dos buritis – Setor Oeste

Um dos bairros mais tradicionais de Goiânia: acertou quem chutou o Setor Oeste. Mas mesmo sendo um bairro bastante consagrado, não se engane achando que ele é antiquado, pelo contrário! Esse é um setor onde o contemporâneo se encontra com o clássico. Isso porque lá você pode encontrar diversos atrativos típicos de um espaço cosmopolita.

Alguns deles são os muitos parques e praças que o Oeste oferece, como a turística Praça do Sol, que contém o famoso letreiro “ Eu ♥ Goiânia” ou ainda, o Bosque dos Buritis, um dos maiores e mais antigos parques públicos da cidade. 

Outro ponto que reforça essa união dos estilos no setor Oeste são seus empreendimentos. Um exemplo disso é o moderno Lux Oeste, da Elmo Incorporações, empreendimento imobiliário que possui piscina, salão de festas, spa, sauna e até mesmo vaga para carros elétricos com ponto para recarga.

3. Setor Bueno: R$ 7,1 mil

O coração de Goiânia está no Setor Bueno! Isso porque lá a vida cosmopolita toma conta do bairro. Você pode encontrar todo tipo de opção para viver, desde bares, bistrôs, academias e espaços públicos de lazer, até necessidades mais básicas em abundância como hospitais, clínicas e escolas.

Lá estão presentes, também, diversos centros comerciais. Ou seja, no Bueno é possível viver e trabalhar a poucos metros de distância. Já se imaginou vivendo com essa praticidade?!

No Bueno, também está situado o Parque Vaca Brava, um dos mais charmosos espaços públicos de toda a capital. É em volta do parque, também, que você pode encontrar os principais empreendimentos da região. 

Setor parque Vaca Brava - Setor Bueno
parque Vaca Brava – Setor Bueno

Um exemplo disso é o Opus Gyro Vaca Brava Design, o primeiro da linha Gyro de compactos de luxo, que fica próximo à orla do Parque Vaca Brava. O empreendimento conta com plantas de 2 e 3 quartos, com 71m² até 119 m² e previsão de entrega para fevereiro de 2024. 

É possível encontrar no bairro também todo tipo de planta e empreendimento, todos em médio e alto padrão, para venda ou aluguel em studios ou penthouses

4. Jardim América: R$ 5,8 mil

O gigante setor Jardim América é uma “cidade” dentro de Goiânia. Isso porque o bairro é o mais populoso da capital, segundo o Censo de 2010 do IBGE. 

Outro ponto de destaque do bairro são suas vias rápidas que o ligam a diversos outros setores vizinhos, como a Avenida T-9, uma das principais vias que atravessam toda a região sul.

Confira a foto 360º do Setor Jardim América:

Para você que busca tranquilidade e silêncio, talvez o Jardim América não seja o espaço ideal. Ao contrário, se você prefere se locomover a pé e fazer tudo a poucos metros de distância, o setor é uma boa pedida. 

Os empreendimentos encontrados no setor tendem a atender famílias grandes e espaçosas, já que a maior parte dos lançamentos são compostos por apartamentos maiores, com, em média, 120 m². Um bom demonstrativo é o lançamento Vox Home, da Bambuí. O empreendimento possui unidades de 3 e 4 quartos, entre 130 m² e 275 m². 

5. Setor Aeroporto: R$ 5,7 mil

Diferente do que se pode pensar, o Setor Aeroporto não possui nenhum local para embarque e desembarque de voos. O nome do bairro se deu, na verdade, por ele ter sediado o primeiro aeroporto goianiense, entre 1930 e 1950. 

Dentre os setores da capital, o real destaque do setor está na boa qualidade de vida que proporciona aos moradores.

Isso porque lá você pode encontrar todo tipo de comércio e facilidade, como restaurantes, academias e hospitais, bem como diversas praças e espaços ao ar livre para passeio e esporte. 

Lembra do primeiro aeroporto de Goiânia que deu nome ao setor? Pois é! Hoje em dia, o local é homenageado com a Praça do Avião, ou Praça Santos Dumont, com várias quadras de esporte e playgrounds para a comunidade. 

Praça do Avião - Setor Aeroporto
Foto: Reprodução/ Goiânia em Fotos

Um bom exemplo de empreendimento no setor Aeroporto é o Wish Aeroporto da EBM Desenvolvimento Imobiliário. Ele é mais um empreendimento da sucedida linha Wish, com empreendimentos localizados em diversos setores de interesse da capital.

6. Setor Serrinha: R$ 5,6 mil

O Setor Serrinha é um dos queridinhos do momento na capital goiana! Isso porque o setor está em pleno desenvolvimento, com muitos lançamentos imobiliários. Nele, é possível encontrar todo tipo de empreendimento, dos compactos às penthouses de luxo. 

Um exemplo de inovação do mercado imobiliário é a Reserva Ybiti, uma iniciativa da Opus Incorporadora. O novo parque linear é público e possui espaço verde, playground e Wi-Fi livre. O parque ainda está em obras, mas será aberto ao público e vai receber ao todo nove torres de empreendimentos. O primeiro deles, já anunciado, é o Opus Tellure,  que tem previsão de entrega em 2024.

O empreendimento vem em um momento de forte expansão do setor. Segundo levantamento interno, o Serrinha apresentou uma supervalorização com o aumento do valor do metro quadrado no setor, subindo 32,3% para apartamentos novos e na planta no período de julho de 2020, em comparação a julho de 2021. Esses valores superam outros setores como Marista e Bueno que, no mesmo período, apresentaram valorização em torno de 12% no valor do metro quadrado.

7. Setor Pedro Ludovico: R$ 5,4 mil

O Setor Pedro Ludovico é um dos bairros mais tradicionais de Goiânia, o que já é perceptível pelo nome, uma homenagem ao fundador e idealizador da capital do Goiás. 

Privilegiado em sua posição, o Setor Pedro Ludovico está conectado à maior parte dos seus vizinhos, já que da Av. Circular saem as principais vias da região sul, como a Avenida T-63, que corta os bairros Bueno, Serrinha, Bela vista e Jardim América.

Lá, você pode encontrar boas opções de imóveis, como é o caso do Soft Pedro Ludovico,  primeiro empreendimento com rooftop de lazer na região. Devido a sua localização central no bairro, o Soft Pedro Ludovico também atrai a atenção dos investidores, com suas plantas de 65 a 97 m², opções de unidades compactas e médias com bom aproveitamento interno entre 2 quartos e 3 suítes. 

8. Parque Amazônia: R$ 5,1 mil

Um setor em plena expansão: conheça o Parque Amazônia. Localizado entre os setores Jardim Atlântico, Serrinha e Jardim América, o Parque Amazônia está situado na região sul, uma das mais populosas e diversas da capital goiana.  

Com localização estratégica, o bairro atrai tanto turistas como novos moradores e possui boas opções de empreendimentos imobiliários. Um bom exemplo é o Terra Mundi Parque Cascavel, localizado às margens do Parque com vista permanente para o local. 

O setor conta com a proximidade de diversos pontos de interesse, como o Parque Cascavel, a apenas 5 minutos de distância, além de diversos comércios e serviços dentro do próprio bairro. 

Parque Amazônia
Parque Amazônia

Essas facilidades acabaram por atrair a atenção do mercado imobiliário e, por isso, o Parque Amazônia recebeu diversos lançamentos de destaque. Um deles é o Lake House Residence, o primeiro alto padrão do bairro, com diversas opções de plantas entre 65 e 99m², que agradam tanto os mais espaçosos quanto aqueles que preferem os compactos.

9. Jardim Atlântico: R$ 4,9 mil

Se você curte espaços ao livre e a prática de esportes, talvez o Jardim Atlântico possa ser ideal para você! Localizado ao lado do setor Parque Amazônia, é no Jardim Atlântico que está situado um dos principais pontos da capital: o Parque Cascavel. Ele é o grande destaque do setor por ser um espaço público propício para o passeio no final da tarde ou ainda, para prática de esportes, como trilhas e caminhadas.  

10. Vila Rosa R$4,8 mil

Situado na Região Sul da capital, o setor Vila Rosa é vizinho dos setores Parque Amazônia e Jardim Atlântico. Mesmo com a localização privilegiada ao lados de bairros movimentados, o setor mantém a calmaria e a segurança dos bairros mais afastados, com boa qualidade de vida para seus moradores.

Um dos pontos positivos do setor é sua proximidade com um dos maiores parque de Goiânia, o Parque Cascavel, que faz divisa com o bairro. Essa é uma boa notícia para aqueles que gostam de esportes ao ar livre ou dos passeios aos finais de semana, já que o Parque oferece boa estrutura para seus visitantes.

Pensando em comprar imóveis?

Comprar imóveis em Goiânia fica muito mais fácil com a imobles. Acesse nosso site com todas as opções de apartamentos da capital.